quinta-feira, 25 de maio de 2017

Que Deus te cubra de muitas bençãos divinas. Beijos de suas filhas Carol e Amandinha (dindinha). Por Carol Fernandes, via Facebook

Hoje é o dia dessa guerreira e amada mãe, Abigail Viana Fernandes. Minha linda, te desejo sempre todas as vibrações positivas e tudo de melhor para sua vida.. Que Deus te cubra de muitas bençãos divinas, que ele te ajude a conseguir superar suas lutas diárias, que agente sabe que não são poucas.  

Sempre conte com sua filha aqui que está sempre querendo o seu melhor. Te admiro, te orgulho como mãe e como um ser humano de um coração tão nobre, como a senhora é.. Te amo para todo o sempre, meu amor.. Beijos de suas filhas Carol e Amandinha (dindinha).❤🙏😘Por Carol Fernandes, via Facebook 
Mais informações »

O Sine-RN oferece nesta quinta-feira (25), 418 oportunidades de emprego em Natal, Parnamirim e Mossoró. 400 vagas são para costureira de máquinas industriais.

O Sine-RN oferece nesta quinta-feira (25), 418 oportunidades de emprego em Natal, Parnamirim e Mossoró. 400 vagas são para costureira de máquinas industriais.   
Confira as vagas:  http://goo.gl/FxOgVo
Mais informações »

Super ofertas no Mercadinho Miragem!

 Super ofertas no Mercadinho Miragem!
Mais informações »

Meu respeito mais solene aos heróis dessa terra, essa gente é que merece reverência. Por Daniel Galvão, via Facebook

O dia de ontem foi louco e misturado em revolta, indignação, felicidade e muita emoção! Meu respeito mais solene aos heróis dessa terra, essa gente é que merece reverência, @s trabalhadores do campo, da cidade e da floresta, que deram aula hoje #ocupeBrasilia!!Saio desse campo de batalha convicto de que o momento histórico de dor, será suplantado por nossa união contra os Senhores. Venceremos!! Por Daniel Galvão, via Facebook 
Mais informações »

Oferta imperdível da Rede Oeste e Mercadinho Pai e Filho!

Oferta imperdível da Rede Oeste e Mercadinho Pai e Filho!
Mais informações »

E se te interessa saber, tome essa: Porque eu tenho POSIÇÃO, sim, sou OPOSIÇÃO com fervor mesmo!

Porque eu tenho POSIÇÃO, sim, sou OPOSIÇÃO, e não arredarei o pé desta luta, sou absolutamente contra essa administração que ora se apresenta, e para firmar o meu posicionamento, sem a intenção de me justificar, isso JAMAIS, deixo aqui registrado, que, caso a prefeita pedagoga do DEM promova a MUDANÇA em nossa cidade, coisa que eu não acredito, mesmo assim, não conseguirá com que eu pense diferente, eu não acredito e pronto. Por acaso existe algum mal nisso?! Estou ferindo a integridade de alguém por me posicionar desta forma?!

Para quem 'se doeu' porque eu estive na Câmara de Vereadores conversando com o Presidente Marcos de Annio de Néo, e em seguida puliquei no meu blog, eu não posso fazer nada, pense o que quiser, ora, e se está acontecendo um 'fuzuê' naquela CASA (coisa feia!), como o caso está sedo tratado 'no meio da rua', eu digo que isso é falta de governabilidade, e a mim, dou-me o direito de falar com quem eu quero, e aqui nesse espaço quem manda sou eu, e tratando-se do parlamentar mencionado é bom lembrar que estávamos jutos na campanha passada, e que de alguma forma temos algo em comum. Ele é quem deve tomar cuidado para não cair em nenhuma armadilha... 🤔😳🤔

Aproveitado o momento para deixar um 'recado educado', e ao mesmo tempo fazer uma pergunta ao Sr. Chefe da Casa Civil de nosso município, que segundo uma fonte segura, fui informada de que o ele no meio de uma conversa telefônica, cita o meu nome dizendo que 'esta preparado UMA' para mim'. Fiquei curiosa, trata-se de que mesmo, Sr. Chefe da Casa Civil? Até aqui fiz a oposição que me cabe, e que continuarei fazendo, fique certo, mas dentro daquilo que permite a Democracia, portanto, não tenho nada a TEMER, entretanto já comuniquei o fato a minha filha, e tamm para algumas pessoas ligadas a minha pessoa, e só o farei ao Ministério Pulico sustentada por provas, ou seja, caso eu possa comprovar a veracidade dos fatos. 


'Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: O justo viverá pela fé'.










Mais informações »

quarta-feira, 24 de maio de 2017

O governador Robinson Faria se reuniu com representantes da Secretaria de Segurança, da Saúde, da SIN e da PGE para acompanhar o andamento das obras do Hospital da Polícia

O governador Robinson Faria se reuniu com representantes da Secretaria de Segurança, da Saúde, da SIN e da PGE para acompanhar o andamento das obras do Hospital da Polícia  Ainda este ano será entregue os leitos de UTI e o setor de imagens do hospital.
Mais informações »

Imagens: Inauguração da Doce Maria

 Imagens: Inauguração da Doce Maria
Mais informações »

terça-feira, 23 de maio de 2017

Diretor da Caern nega possibilidade de privatização da empresa

Na manhã desta terça-feira (23), o Diretor Presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Marcelo Toscano afastou qualquer possibilidade de privatização da companhia. 

Através da divulgação de ofício enviado à presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silva Bastos Marques, em 26 de outubro de 2016, Toscano ressaltou que ao aderir ao programa do Governo Federal, o Governador Robinson Faria descartou qualquer possibilidade de privatização, “há de ressaltar que a posição do Estado do Rio Grande do Norte é a de não privatizar a Caern ou de proporcionar qualquer outra modalidade de transferência integral de suas ações ao setor privado”, afirma através de ofício (anexo). 

O posicionamento de não privatizar a Caern tem sido reafirmado veementemente pelo Governador do Estado. Os estudos que o Diretor se refere serão realizados através do Programa de Investimentos do BNDES. Toscano destaca que em todo país, 18 companhias de Saneamento aderiram ao programa. 

De acordo com o diretor presidente, Marcelo Toscano o estudo visa avaliar as áreas da companhia que necessitam de investimentos. 'A CAERN' A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) foi criada em 2 de setembro de 1969 pelo então governador monsenhor Walfredo Gurgel. 

A empresa incorpora e põe em prática sua missão de atender toda a população do Rio Grande do Norte com água potável, coleta e tratamento de esgotos. Atualmente, a Caern é responsável pela maior obra do Governo do Estado que tem como objetivo deixar a cidade do Natal com 100% de cobertura de esgotamento sanitário. Ainda sobre a Caern, vale destacar que, em 2016 foi destacada entre uma das 1000 Melhores e Maiores empresas do Brasil de acordo com o ranking da revista Exame da Editora Abril. 

A edição especial de julho de 2016, mostrou a companhia na posição 953, 45 posições acima da classificação anterior. Dentre as melhorias da empresa, além das obras, merece destaque, o atendimento ao consumidor que passou por uma reformulação em 2016; o novo contact center (115) funciona 24h para atender a população.
Mais informações »

Camarote Tô no FEST!

Camarote Tô no FEST!
Mais informações »

Trabalho com responsabilidade e compromisso: Na Drogaria São Francisco em nossa cidade, a farmacêutica Rafaela Gurgel executa com habilidade as suas funções profissionais

Trabalho com responsabilidade e compromisso: Na Drogaria São Francisco em nossa cidade, a farmacêutica Rafaela Gurgel executa com habilidade as suas funções profissionais
Mais informações »

Resultado do Processo Seletivo: Classificada em primeiro lugar no nosso município para a função de Coordenação Pedagógica, a pedagoga Nazaré Nunes, ela que tem Licenciatura em Pedagogia com especialização em Gestão Escolar. Nossos parabéns por mais essa conquista, querida!

Resultado do Processo Seletivo: Classificada em primeiro lugar no nosso município para a função de Coordenação Pedagógica, a pedagoga Nazaré Nunes, ela que tem Licenciatura em Pedagogia com especialização em Gestão Escolar. Nossos parans por mais essa conquista, querida!

A lista já está disponibilizada no site da edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado. 
Mais informações »

Estive hoje na Câmara de Vereadores de nosso município, ocasião na qual tive a satisfação de conversar com o Presidente daquela Casa, Sr. Marcos de Antônio de Néo (PSB)

Estive hoje na Câmara de Vereadores de nosso município, ocasião na qual tive a satisfação de conversar com o Presidente daquela Casa, Sr. Marcos de Annio de Néo (PSB), que me deixou a cerca do trabalho que ele vem realizando junto ao povo de Umarizal, se fazendo presente em diversas formas de apoio nas mais diversas esferas de nossa sociedade.

O vereador-presidente deixou claro que sempre trabalhou pelo povo umarizalense, e que, neste sentido deve muito a nossa gente pela confiança a ele depositada, e que sua posição é única, ou seja, ao lado de quem trabalha com entusiasmo, buscando acertar, e direciona esse trabalho em favor do povo.
Mais informações »

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Nossos parabéns ao advogado Sub Secretario de Agricultura do RN, Adson Luis, que neste dia 22 comemora mais uma data feliz de aniversário, ao lado de seus familiares em Natal

Nossos parabéns ao advogado Sub Secretario de Agricultura do RN, Adson Luis, que neste dia 22 comemora mais uma data feliz de aniversário, ao lado de seus familiares em Natal. Desejamos-lhe que a glória de Deus possa lhe permitir a realização de muitos sonhos, e que todos sejam abençoados pelo Salvador do Mundo. 
Mais informações »

Tony Ramos não será mais garoto-propaganda da JBS

O ator Tony Ramos se diz “surpreso”, “triste” e “melancólico” com as revelações do envolvimento da JBS com a compra de políticos. Ramos, que é garoto-propaganda de uma das marcas do grupo, a Friboi, garante que “não há mais clima para continuar a fazer filmes para a empresa”. 

O ator ainda tem um contrato válido com a JBS, que permite à empresa usar sua imagem em fotos e sites, mas que nessa semana vai começar a discutir com seus advogados o rompimento do acordo. 

Na outra situação de crise, quando a JBS foi envolvida na Operação Carne Fraca, o ator foi solidário à empresa. Desta vez, com as revelações de que a companhia corrompia políticos, ele achou que foi demais. 

Resta saber agora o que Fatima Bernardes, outra garota-propaganda da JBS, vai fazer. 

VEJA 
Mais informações »

Registrando aqui o Domingo muito especial de minha amiga empresária Vanilda Souza com seus familiares

Registrando aqui o Domingo muito especial de minha amiga empresária Vanilda Souza com seus filhos, o Administrador de Empresas Edney Marlley com a namorada Farmacêutica Marcella Tavares e o caçula Eduardo. Eles estiveram no dia de hoje na cidade de Canindé, que fica localizada no estado do Ceará
Mais informações »

domingo, 21 de maio de 2017

Muitos parabéns para o querido amigo profissional nota MIL, exemplo, Raimundo Dias, comemorado com muita alegria entre amigos, sua nova idade neste dia 21. Tudo de ótimo!

Muitos parabéns para o querido amigo profissional nota MIL, exemplo, Raimundo Dias, comemorado com muita alegria entre amigos, sua nova idade neste dia 21. Tudo de ótimo!
Mais informações »

Janio de Freitas e o necrológio político de Aécio

Janio de Freitas, hoje, na Folha de S. Paulo, faz o necrológio de Aécio Neves, o recém falecido e nada pranteado morto da política brasileira.
Aécio é apenas mais uma prova do cinismo das elites brasileiras que, como recorda nosso mestre Janio, o apresentaram como um projeto para o Brasil.
Projeto, vê-se hoje, de que tipo.
(…)não falta quem, para receber os generosos prêmios dados aos delatores, mostre mais aos brasileiros como é de verdade o seu país. Nem faltam candidatos a ver-se, de repente, passando de louvados a execrados. Como a estrela do bom-mocismo, Aécio Neves.
Agora senador afastado pelo Supremo, e com Eduardo Cunha preso, Aécio fica mais exposto a que afinal se esclareçam em definitivo as trapaças de contratos em Furnas, cuja lista de beneficiários lhe dá lugar de destaque. Associados nessa lista, os dois retiveram por muito tempo as investigações devidas e suas consequências.
Com esse inquérito em andamento, Aécio se torna um dos senadores mais apreciados por procuradores e juízes: seis inquéritos – um por suborno e fraude na construção da Cidade Administrativa em seu governo mineiro, outro por suborno na construção de usinas hidrelétricas, três por caixa dois, e o de Furnas. Aguarda-se o sétimo.
Não foi sem motivo, portanto, que esse senador e presidente do PSDB (retirado de um cargo e licenciado do outro), conforme suas palavras agora públicas, disse ser necessário acabar com tais investigações e estar “trabalhando nisso como um louco”.
E pensar que esse era o presidente da República desejado e proposto ao país pelo “mercado”, pelos conservadores de todos os tipos e por imprensa, TV e rádio. Derrotado e ressentido, foi o primeiro a conclamar pela represália que originou o desenrolar político hoje incandescente.
Fica o epílogo de Aécio Neves como um alerta para os áulicos de João Doria.
Tijolaço
Mais informações »

Chegou o grande dia e a contagem passa a ser regressiva para a grande INAUGURAÇÃO da loja Doce Maria, a Doceria que também fará parte de sua casa: É hoje, 21!

Chegou o grande dia e a contagem passa a ser regressiva para a grande INAUGURAÇÃO da loja Doce Maria, a Doceria que também fará parte de sua casa: É hoje, 21!
Mais informações »

Todos os vivas para a querida cabeleireira Josefa Nogueira festejando sua nova idade neste Domingo, 21. Que Deus continue habitando o seu lar, o seu coração, realizando os seus sonhos. Feliz Aniversário, amiga linda e especial!

Todos os vivas para a querida cabeleireira Josefa Nogueira festejando sua nova idade neste Domingo, 21. Que Deus continue habitando o seu lar, o seu coração, realizando os seus sonhos. Feliz Aniversário, amiga linda e especial!
Mais informações »

PSDB convoca reunião de emergência para discutir se continua com Temer

O PSDB, principal partido aliado de Michel Temer, convocou uma reunião de emergência da cúpula do partido para este domingo (21), em Brasília, para discutir se mantém seu apoio ao governo. Diante do agravamento da crise provocada pelas acusações feitas contra o presidente por executivos da JBS, o partido decidiu antecipar as discussões sobre a continuidade de sua aliança com o peemedebista. 

Parte dos dirigentes da sigla defendem, nos bastidores, uma articulação rápida para que Temer deixe o poder, com a construção conjunta entre partidos aliados de uma candidatura para a eleição indireta que seria convocada nesse caso. 

O presidente nacional do DEM, o senador Agripino Maia, também vai participar da reunião. O PSDB e o DEM têm um acordo: só decidirão deixar o governo Temer se o fizerem em conjunto. O PSDB ocupa quatro ministérios no governo (Cidades, Relações Exteriores, Secretaria de Governo e Direitos Humanos), e dá sustentação a Temer no Congresso com 47 deputados e dez senadores. 

Trata-se do maior aliado do PMDB na coalizão governista. Alguns deputados já manifestaram abertamente o desejo de deixar o governo imediatamente. No Senado, há cautela: o cenário traçado é o de convencer Temer a renunciar ou pressionar o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que casse o mandato de Temer. 

Na quinta-feira (18), o ministro Bruno Araújo (Cidades) chegou a comunicar à cúpula do partido que entregaria o cargo, mas foi demovido. Temer recebeu, então, os tucanos que integram seu governo e pediu que eles mantivessem seu apoio em nome da estabilidade econômica e política. 

As revelações de detalhes das delações do empresário Joesley Batista, entretanto, ampliaram a instabilidade do governo e reacenderam no PSDB as conversas em torno de um cenário de sucessão imediata de Temer. Os principais caciques do partido têm consultado o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre o assunto. 

Na quinta-feira, ele chegou a publicar nota em que defendia a renúncia de Temer. Naquele mesmo dia, o peemedebista e o tucano conversaram por telefone. FHC revelou preocupação com o cenário político, segundo relatos de dois aliados, mas admitiu que a sugestão de renúncia fora precipitada. DESEMBARQUE Partidos da base de Temer já começaram a dar sinais de desembarque do governo. 

No sábado (20), a cúpula do PSB decidiu pedir a renúncia do presidente para “acelerar a solução da crise de governabilidade já instalada”. O partido já assinou também um pedido de impeachment do peemedebista. 

A sigla, na prática, integra a base aliada por ter um de seus quadros no comando do Ministério de Minas e Energia, o deputado Fernando Filho. O PPS decidiu manter o apoio a Temer, mas o ministro Roberto Freire pediu demissão da pasta da Cultura. Na quinta-feira (18), o PTN havia anunciado o rompimento com o governo.   

O Estadão
Mais informações »

JBS teve ‘aula de delação’ 15 dias antes de gravar conversa com Temer. Dono da JBS diz que tratava de propina com Temer desde 2010

No dia 19 de fevereiro, um domingo, às 12 horas, Anselmo Lopes, procurador da República no DF, recebeu uma ligação inesperada. Do outro lado da linha, Francisco de Assis e Silva, diretor jurídico da JBS, comunicou uma decisão que abalaria o país: Joesley e Wesley Batista iriam confessar seus crimes e colaborar com a Justiça. 

A conversa durou só 19 minutos e eles agendaram um encontro para o dia seguinte. Na segunda-feira, Lopes e a delegada Rubia Pinheiro, que lideram a Operação Greenfield, da PF, deram uma “aula de delação”: explicaram em detalhes ao advogado, profissional da estrita confiança dos Batista, como funcionaria a colaboração premiada. 

Duas semanas depois, Joesley entrou no Palácio do Jaburu dirigindo o próprio carro, com um gravador escondido no bolso, para um encontro com o presidente Michel Temer. Durante 40 minutos, arrancou diálogos constrangedores, que, ao serem revelados, deixaram o mandato de Temer por um fio. 

O empresário disse aos investigadores que sua missão era informar o presidente que vinha comprando o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha e do doleiro Lúcio Funaro, ambos presos em Curitiba. Temer nega que tenha concordado com isso. Segundo pessoas próximas, o empresário gravou o presidente por iniciativa própria, um recurso que causa controvérsia no meio jurídico. 

Pouco tempo depois, dizem, seu advogado comunicou os procuradores do encontro e do teor da conversa. Joesley, Wesley e cinco executivos assinaram então um pré-acordo de delação com a PGR (Procuradoria-Geral da República). A partir daí, começariam oficialmente as “ações controladas”, nas quais conversas e mensagens seriam monitoradas para engordar o arsenal dos Batista. 

O senador Aécio Neves (PSDB) foi outro que caiu na armadilha ao ser flagrado pedindo dinheiro. No total, a delação da JBS envolve 1.829 políticos do país. SANGUE FRIO Joesley demonstrou sangue frio ao gravar os políticos. Ele foi o escolhido porque tratava pessoalmente das propinas, com auxílio de um funcionário fiel, Ricardo Saud, também delator. 

Ao contrário da Odebrecht, que tinha um departamento de propina, Joesley marcava em planilhas os pagamentos feitos e os benefícios obtidos pela empresa, como crédito de bancos estatais ou aprovação de leis. Da primeira ligação do advogado da JBS ao procurador Anselmo até a última quinta (18), quando a PF deflagrou a Operação Patmos, baseada na delação dos Batista, se passaram 88 dias. 

A Odebrecht demorou o dobro para se acertar com o Ministério Público Federal. Os donos da JBS conduziram a negociação de forma totalmente diferente da empreiteira, até então o caso mais ruidoso da Lava Jato. Em vez de contratar um batalhão de advogados, deixaram quase tudo nas mãos de Silva, que não é criminalista. 

Na Odebrecht, 78 executivos tornaram-se delatores. Na JBS, são sete delatores, e um time de apenas dez pessoas coletou provas. Algumas nem sequer imaginavam que haveria delação. Joesley e Wesley redigiram pessoalmente anexos da colaboração com os procuradores e revisaram o acordo linha por linha. 

Na noite de quarta (17), quando soube-se que Joesley gravara o presidente da República, funcionários do alto escalão da empresa tentavam, atordoados, entender o que estava acontecendo. Dois executivos disseram que até agora o sentimento é de perplexidade. 

A família Batista, no entanto, sempre chamou a atenção pela relação com o poder, que foi fundamental para multiplicar a sua fortuna. Em 2006, o frigorífico JBS já era uma empresa grande, com R$ 4,3 bilhões em receitas –mas ainda uma fração do que se tornaria em apenas uma década. Graças aos aportes do BNDES para aquisições dentro e fora do país, o faturamento da JBS chegou a R$ 170 bilhões no ano passado. 

Com o caixa vitaminado pelo frigorífico, os Batista partiram para outros negócios: criaram a Eldorado Celulose, compraram a Vigor e a Alpargatas. Com medo de ir para cadeia e assistir a ruína do seu império, como aconteceu com Marcelo Odebrecht, Joesley tentava se tornar delator desde dezembro. 

Mas os procuradores afirmavam que não tinham agenda para se encontrar com o empresário. A Lava Jato já tinha dois anos quando chegou aos negócios dos Batista. A porta de entrada foi a delação de Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, ligado a Eduardo Cunha, considerado o operador da JBS no Congresso. 

À força-tarefa, Cleto contou que, em troca de propina, facilitara empréstimo do FI-FGTS à Eldorado. Nos meses seguintes, o grupo foi alvo de três operações da PF, que apuram irregularidades em empréstimos com recursos públicos e investimentos de fundos de pensão de estatais. 

As sedes das empresas foram reviradas, os irmãos tiveram bens bloqueados e acabaram afastados temporariamente dos seus cargos. Joesley se sentiu emparedado e tomou sua decisão. PLANO Cinco dias antes de seu advogado informar sua intenção de delatar, Joesley rompeu o silêncio. 

À Folha disse que estava perplexo com a corrupção que via na TV e que não tinha feito nada de errado. Mas as entrevistas faziam parte do plano. Ele queria sinalizar aos políticos que não cederia, deixando-os à vontade para confessar seus crimes sem saber que estavam sendo gravados. Na reta final, até o advogado dos Batista se tornou delator. Assis era o interlocutor de um dos procuradores que havia sido subornado para passar informações. 

Os sete delatores da JBS pagarão R$ 225 milhões para se livrar das punições, cerca de metade do acertado para os 78 executivos da Odebrecht, conforme uma pessoa a par do assunto. Ainda falta o acordo da empresa, que custou R$ 6,7 bilhões à Odebrecht. 

Os procuradores querem que a JBS pague R$ 12 bilhões, mas o grupo oferece R$ 1 bilhão. Pouco antes do escândalo vir à tona, Joesley viajou a Nova York, acompanhado da mulher, Ticiana Villas Boas, com autorização da Justiça. Assistiu ao escândalo pela televisão a salvo de fotos constrangedoras. Se nada mudar, ele vai salvar seu império sem passar um dia na cadeia. A Procuradoria da República e a JBS não comentaram.  

G1

Dono da JBS diz que tratava de propina com Temer desde 2010

O empresário Joesley Batista contou nos depoimentos que conheceu o presidente Michel Temer em 2010. Que foi apresentado por Wagner Rossi, ex-deputado federal pelo PMDB que, na época, era ministro da Agricultura. 

A partir dalí, eles passaram a se falar com regularidade. Joesley conta que “esteve com Temer em várias ocasiões: não menos que 20 vezes, de acordo com o empresário, ora no escritório dele, ora no escritório do advogado, ora na casa de Temer em São Paulo ou ainda no Palácio do Jaburu”. 

Segundo Joesley, desde o começo da relação com Temer, se falou em propina. Quando Wagner Rossi deixou de ser ministro, por exemplo, Joesley disse que Temer pediu que pagasse um mensalinho de R$ 100 mil a Wagner Rossi. 

Joesley disse que concordou e determinou o pagamento – que foi feito dissimuladamente por cerca de um ano.  

G1
Mais informações »

Votos de felicidades mil a querida companheira de trabalho, Patrícia Peixoto, pela passagem de seu aniversário no último Domingo, Dia da Mães. Deus te abençoe, linda!

Votos de felicidades mil a querida companheira de trabalho, Patrícia Peixoto, pela passagem de seu aniversário no último Domingo, Dia da Mães. Deus te abençoe, linda!
Mais informações »

sábado, 20 de maio de 2017

Hoje a senhora partiu, sem sofrimento e recheada de carinho. Seja recebida por Deus, vovó. Descanse em paz vovó. Te amo ❤️ Por Camila Amorim, via Facebook

Hoje vai brilhar mais uma estrela no Céu...O que nos conforta é saber o quanto que ela foi amada em cada minuto de vida!  Os ensinamentos e lembranças de vovó sempre vão ficar em nossas memórias, para passarmos de geração em geração com semblante de alegria por termos sido privilegiados em desfrutar um pouquinho dessa doçura de mulher.

A elegância em cada movimento, a paciência de todo dia, a fé inabalável e o carinho que era percebido em cada palavra que mais parecia cantada de tanta ternura que nela existia.  

Obrigada vovó pelos domingos felizes em família nos tanquinhos, pelos alfinins que até hoje nos faz lembrar de ti, pelo zelo conosco, por todo o amor que a senhora ofereceu e cultivou em nós.  

Hoje a senhora partiu, sem sofrimento e recheada de carinho. Seja recebida por Deus, vovó, mainha e Dudu que estarão de braços abertos para te propiciar aconchego com sorrisos largos exalando amor! Descanse em paz vovó. Te amo ❤️ Por Camila Amorim, via Facebook 
Mais informações »

Nossos parabéns a querida Joelma Maia pela sua data especial de aniversário o dia de hoje, 20. Desejamos-lhe os melhores votos de saúde e paz, sempre. Tudo de ótimo, linda!

Nossos parabéns a querida Joelma Maia pela sua data especial de aniversário o dia de hoje, 20. Desejamos-lhe os melhores votos de saúde e paz, sempre. Tudo de ótimo, linda!

Mais informações »

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Café da Manhã: Ainda da Inauguração do Posto São João do casal empresário Gonçalo João e Elainy Cristina. Mesa farta para todos e muita gratidão ao Criador de todas as Coisas!

Café da Manhã: Ainda da Inauguração do Posto São João do casal empresário Gonçalo João e Elainy Cristina. Mesa farta para todos e muita gratidão ao Criador de todas as Coisas!
Mais informações »

Imagens do Culto de Louvores e Agradecimento a Deus ministrado pela Igreja Assembléia de Deus na noite de ontem, 18, ocasião da inauguração do Posto São João do casal empresario Gonçalo João e Elainy Cristina

Imagens do Culto de Louvores e Agradecimento a Deus ministrado pela Igreja Assembléia de Deus na noite de ontem, 18, ocasião da inauguração do Posto São João do casal empresario Gonçalo João e Elainy Cristina
Mais informações »

Editorial: A renúncia do presidente

Um presidente da República aceita receber a visita de um megaempresário alvo de cinco operações da Polícia Federal que apuram o pagamento de milhões em propinas entregues a autoridades públicas, inclusive a aliados do próprio presidente. 

O encontro não é às claras, no Palácio do Planalto, com agenda pública. Ele se dá quase às onze horas da noite na residência do presidente, de forma clandestina. Ao sair, o empresário combina novos encontros do tipo, e se vangloria do esquema que deu certo: "Fui chegando, eles abriram. Nem perguntaram o meu nome". 

A simples decisão de recebê-lo já guardaria boa dose de escândalo. Mas houve mais, muito mais.  Em diálogo que revela intimidade entre os dois, o empresário quer saber como anda a relação do presidente com um ex-deputado, ex-aliado do presidente, preso há meses, acusado de se deixar corromper por milhões. 

Este ex-deputado, em outro inquérito, é acusado inclusive de receber propina do empresário para facilitar a vida de suas empresas no FI-FGTS da Caixa Econômica Federal. O presidente se mostra amuado, e lembra que o ex-deputado tentou fustigá-lo, ao torná-lo testemunha de defesa com perguntas que o próprio juiz vetou por acreditar que elas tinham por objetivo intimidá-lo.  

Ao ouvir esse relato do presidente, o empresário procura tranquilizá-lo mostrando os préstimos que fez. Diz, abertamente, que "zerou" as "pendências" com o ex-deputado, que tinha ido "firme" contra ele na cobrança. E que ao zerar as pendências, tirou-o "da frente". Mais tarde um pouco, em outro trecho, diz que conseguiu "ficar de bem" com ele. Como o presidente reage? Com um incentivo: "Tem que manter isso, viu?"  Não é preciso grande esforço para entender o significado dessa sequência de diálogos. 

Afinal, que pendências, senão o pagamento de propinas ainda não entregues, pode ter o empresário com um ex-deputado preso por corrupção? Que objetivo terá tido o empresário quando afirmou que, zerando as pendências, conseguiu ficar de bem com ele, senão tranquilizar o presidente quanto ao fato de que, com aquelas providências, conseguiu mantê-lo quieto? 

E, por fim, que significado pode ter o incentivo do presidente ("tem que manter isso, viu"), senão uma advertência para que o empresário continue com as pendências zeradas, tirando o ex-deputado da frente e se mantendo bem com ele?  Esses diálogos falam por si e bastariam para fazer ruir a imagem de integridade moral que o presidente tem orgulho de cultivar. 

Mas houve mais. O empresário relata as suas agruras com a Justiça, e, abertamente, narra ao presidente alguns êxitos que suas práticas de corrupção lhe permitiram ter. Conta que tem em mãos dois juízes, que lhe facilitam a vida, e um procurador, que lhe repassa informações. Um escândalo. O que faz o presidente? Expulsa o empresário de sua casa e o denuncia as autoridades? Não. Exclama, satisfeito: "Ótimo, ótimo". Não é tudo, porém. 

Em menos de 40 minutos de conversa, o empresário ainda encontra tempo para se queixar de um ex-funcionário seu, atual ministro da Fazenda. Diz, com desfaçatez, que tem enfrentado resistência no ministro da Fazenda para conseguir a troca dos mais altos funcionários do governo na área econômica: o secretário da Receita Federal, a presidente do BNDES, o presidente do Cade e o presidente da CVM. 

Pede, então, que seja autorizado a usar o nome do presidente quando for novamente ao ministro da Fazenda com tais pleitos. O que faz o presidente? Manda-o embora, indignado? Não, de forma alguma. O presidente autoriza: "Pode fazer".  Este jornal apoiou desde o primeiro instante o projeto reformista do presidente Michel Temer. 

Acreditou e acredita que, mais do que dele, o projeto é dos brasileiros, porque somente ele fará o Brasil encontrar o caminho do crescimento, fundamental para o bem-estar de todos os brasileiros. As reformas são essenciais para conduzir o país para a estabilidade política, para a paz social e para o normal funcionamento de nossas instituições. 

Tal projeto fará o país chegar a 2018 maduro para fazer a escolha do futuro presidente do país num ambiente de normalidade política e econômica.  Mas a crença nesse projeto não pode levar ao autoengano, à cegueira, a virar as costas para a verdade. Não pode levar ao desrespeito a princípios morais e éticos. 

Esses diálogos expõem, com clareza cristalina, o significado do encontro clandestino do presidente Michel Temer com o empresário Joesley Batista. Ao abrir as portas de sua casa ao empresário, o presidente abriu também as portas para a sua derrocada. E tornou verossímeis as delações da Odebrecht, divulgadas recentemente, e as de Joesley, que vieram agora a público.  

Nenhum cidadão, cônscio das obrigações da cidadania, pode deixar de reconhecer que o presidente perdeu as condições morais, éticas, políticas e administrativas para continuar governando o Brasil. Há os que pensam que o fim deste governo provocará, mais uma vez, o atraso da tão esperada estabilidade, do tão almejado crescimento econômico, da tão sonhada paz social. 

Mas é justamente o contrário. A realidade não é aquilo que sonhamos, mas aquilo que vivemos. Fingir que o escândalo não passa de uma inocente conversa entre amigos, iludir-se achando que é melhor tapar o nariz e ver as reformas logo aprovadas, tomar o caminho hipócrita de que nada tão fora da rotina aconteceu não é uma opção. Fazer isso, além de contribuir para a perpetuação de práticas que têm sido a desgraça do nosso país, não apressará o projeto de reformas de que o Brasil necessita desesperadamente. 

Será, isso sim, a razão para que ele seja mais uma vez postergado. Só um governo com condições morais e éticas pode levá-lo adiante. Quanto mais rapidamente esse novo governo estiver instalado, de acordo com o que determina a Constituição, tanto melhor.  A renúncia é uma decisão unilateral do presidente. Se desejar, não o que é melhor para si, mas para o país, esta acabará sendo a decisão que Michel Temer tomará. 

É o que os cidadãos de bem esperam dele. Se não o fizer, arrastará o Brasil a uma crise política ainda mais profunda que, ninguém se engane, chegará, contudo, ao mesmo resultado, seja pelo impeachment, seja por denúncia acolhida pelo Supremo Tribunal Federal. O caminho pela frente não será fácil. Mas, se há um consolo, é que a Constituição cidadã de 1988 tem o roteiro para percorrê-lo. 

O Brasil deve se manter integralmente fiel a ela, sem inovações ou atalhos, e enfrentar a realidade sem ilusões vãs. E, passo a passo, chegar ao futuro de bem-estar que toda a nação deseja.  

POR O GLOBO
Mais informações »

quinta-feira, 18 de maio de 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO Sobre a citação do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria e do deputado federal Fábio Faria na delação da JBS

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Sobre a citação do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria e do deputado federal Fábio Faria na delação da JBS, é preciso esclarecer os seguintes pontos: 

1 - Ambos informam que conheceram a JBS no período eleitoral e confirmam que receberam doações da empresa citada, somente durante o período de eleições, oficialmente, legalmente, devidamente registradas na Justiça Eleitoral e sem qualquer contrapartida nem ato de ofício; 

2 - Não existia, da parte de Robinson e Fábio Faria, qualquer motivo para que houvesse desconfiança em relação à origem da doação feita por meio de contatos do PSD Nacional; 

3 - É importante ressaltar que, desde a campanha eleitoral, Robinson Faria tem destacado em inúmeras declarações públicas e entrevistas que NÃO PRETENDE E NEM IRÁ PRIVATIZAR A COMPANHIA DE ÁGUAS E ESGOTOS DO RIO GRANDE DO NORTE (CAERN), o que seria, segundo o delator, a motivação do suposto pagamento irregular; 

Por fim, Robinson e Fábio Faria consideram absurdas as declarações do delator que chama de propina contribuições eleitorais lícitas, com o claro objetivo de se livrar de crimes graves praticados.

Robinson Faria
Governador do RN

Fábio Faria 
Deputado Federal pelo RN
Mais informações »

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Total de visualizações

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Somente!

Somente!

Facebook

Estou no PENSADOR

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia