terça-feira, 6 de outubro de 2015

Polêmico: Jovem que chamou professores da PUC Goiás de 'excomungados' se filia ao DEM.

Conhecido por um vídeo amplamente divulgado na internet em que aparece discutindo com professores e alunos da PUC Goiás, o jovem Marco Rossi Medeiros, de 18 anos, se filiou, na manhã desta segunda-feira (5/10), ao Democratas e já possui aspirações políticas.

Em entrevista ao Jornal Opção Online, o estudante afirmou que já recebeu o convite de um colega de partido para ser candidato a vereador por Goiânia nas próximas eleições. “A ideia é que eu concorra à Câmara Municipal”, pontuou.

Marco afirmou que Conselho Nacional de Bispos do Brasil apoia movimento comunista, e que, conforme decreto de 1949, estão automaticamente excomungados | Foto: divulgação/ vídeo

Sobre a escolha do partido, Marco Rossi afirmou à reportagem que escolheu DEM por ser “anti-petista”. Segundo o jovem, ele chegou a receber convites do PSDB para se filiar, mas optou pelo partido do senador goiano Ronaldo Caiado devido ao papel de oposição prestado pela legenda.

“Cheguei a cogitar o PSDB, mas o PSDB tem um problema: a oposição é apenas uma oposição burocrática. No DEM, você tem liberdade. Me filiei ao DEM porque sou anti-petista”, enfatizou.

Marco Rossi virou notícia em abril deste ano após divulgação de um vídeo em que aparece discutindo com professores e alunos da PUC Goiás, durante um seminário sobre reforma política. O jovem chamou os participantes de “excomungados”, além de xingar uma professora da PUC de “vagabunda”.

À época, ele explicou que o motivo de sua interferência no evento se deu pela presença do secretário da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Daniel Seidel (PT).  Marco afirmou que o petista havia sido encarregado de fazer propaganda do projeto de reforma política que, de acordo com ele, faria parte do projeto de poder comunista do Partido dos Trabalhadores.

Durante entrevista nesta segunda-feira, o jovem afirmou que, caso realmente concorra a um cargo político, ele fará questão de explicar publicamente sua posição sobre assuntos polêmicos, como a relação entre religião e política.

“Há uma preocupação que as pessoas enxerguem só como um esforço sensacionalista. Então, se tudo der certo e se ocorrer uma candidatura, devo tentar fazer algumas coisas, fazer alguns vídeos me explicando”, concluiu.

G1
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Facebook

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia