sábado, 14 de novembro de 2015

Meu pai se estivesse entre nós, nesse 14 de novembro faria aniversário, 90 anos. Por Rosângela Cunha, via Facebook.

Meu pai se estivesse entre nós, nesse 14 de novembro faria aniversário, 90 anos. Mas Deus o levou aos 86, e até hoje como nesse exato momento, olhando fixamente para essa nossa foto, que por sinal ainda tenho essa blusa que estou vestida, não consigo conter as lágrimas. Um misto de saudade e outros sentimentos... Infelizmente não fui uma filha igual a Nazaré, Izabel, e tantas outras que tanto admiro, cito-as pela proximidade do dia a dia. Talvez pelas circunstâncias da vida, não sei, mas pelas tantas vezes que já pedi perdão a Deus, acredito que já devo ter sido perdoada, pois o Senhor dono de nossas vidas conhece o nosso coração, e certamente sabe do meu amor pelo meu pai, é olhar pra trás e ver o quão admirável é o seu passado, um homem digno, justo, bom, honesto e que deu aos seus filhos os melhores exemplos. Absorveu quem quis, mas que ele deu, nós sabemos que sim. Então, pai, receba o meu beijo aí no céu, um abraço apertado e demorado, e quando um coro de anjos te cercar cantando alegremente nesse teu dia, saiba que eu fiz esse pedido aos céus. Te amo, te trago sempre comigo, por toda minha vida. Por Rosângela Cunha, via Facebook.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

.

.
.

Transparência

Transparência
Pelo Bem do RN

Total de visualizações

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Somente!

Somente!

Facebook

Estou no PENSADOR

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia