domingo, 8 de novembro de 2015

O que me assusta muitas vezes, não é a maldade, mas as pessoas que se tornam instrumentos dela, por Cecilia Sfalsin, via Facebook.

O que me assusta muitas vezes, não é a maldade, mas as pessoas que se tornam instrumentos dela, permitindo com que o mal seja o alicerce do seu coração, é por isto que ao acordar todos os dias, eu peço a Deus a paz, e desejo a paz aos que me cercam, peço a Ele A força do amor, e desejo esta força ao meu próximo, porque eu ainda tenho aquela esperança bonita pulsando dentro de mim, de que eu posso fazer a diferença em um mundo aonde ainda impera muitos sentimentos ruins. Por Cecilia Sfalsin, via Facebook.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Facebook

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia