terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Todos contra a DENGUE em Umarizal: A realização da campanha é da Prefeitura Municipal em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde de nosso município.

Todos contra a DENGUE em Umarizal: A realização da campanha é da Prefeitura Municipal em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde de nosso município.

Objetivo geral da Campanha contra a dengue: Conscientizar a comunidade dos riscos da Dengue.

Objetivos especifico:

. Incentivar as pessoas a novas práticas de aprendizagem pra o combate a dengue, de forma informativa envolvendo a comunidade em uma grande campanha de saneamento e combater ao mosquito Aedes Aegypti.
Promover a saúde na comunidade.

Permitir o conhecimento a a cerca da dengue.

Investigar e discutir as condições ambientais da comunidade propicias ao surgimento dos criadouros do mosquito da dengue.

Discutir as formas de combate a dengue.

Conscientizar as pessoas da comunidade local sobre a gravidade da doença e de que a sua prevenção ou minimizar a proliferação da doença nos bairros.

Conclusão
Combate de dengue responsabilidade e ação coletiva, com vistas à possível solução ou minimização do problema, buscando estabelecer parcerias com a comunidade local e outros órgãos, objetivando a discussão e desenvolvimento de ações que possam ser coletivamente pensadas e implementadas para diminuir os casos de incidência de Dengue na comunidade, procurando ainda, intervir na manutenção da saúde ambiental, social e física conscientizando a comunidade local sobre a importância da prevenção e combate dos criadouros do mosquito da Dengue no ambiente comunitário.

Fonte: Saúde e Prevenção
Fotos: Ricardo Pereira



A dengue é transmitida
Pela picada de um mosquito
Vem febre, dor de cabeça
Ficamos com o corpo esquisito

Ainda temos dor nos olhos
Nas costas e articulações
E se não nos prevenirmos
A Dengue mata multidões

O mosquito da Dengue
É pequeno e ilude
Mas, faz um grande estrago,
Enorme à nossa saúde

Como todos já sabem
Não podemos dar mole
Água limpa parada
Nem um pingo, nem um gole

O mosquito da Dengue
Só cresce onde tem água
Ele põe os seus ovinhos
Em pneus, vasos e até garrafas

Em terrenos baldios
E abandonados também
Para com o mosquito acabar
Preste atenção no que logo abaixo vem:

Para acabar com esse inimigo
É mais fácil que se imagina
Preste atenção adulto, criança, idoso
Seu menino, sua menina.

Tome alguns cuidados
Que agora vou contar
Tire a água dos vãos
Ponha areia em seu lugar.

Lave as vasilhas de água
Dos seus animaizinhos
Faça a mesma coisa
Com baldes, bacias e vasinhos

Deixe sempre fechados
Tonéis, tanques e potes
Bem como a caixa d’água
Não espere pela sorte.

Pneus velhos sem uso
Todos guardados devem ser
Em lugares bem secos
Pro mosquito não nascer

Desentupir ralos do banheiro
Da cozinha, do quintal
Isso para o mosquito
Não vai ser nada legal.

Água nas lajes
Não se deve acumular
Pois se fizermos isso
O mosquito vai voltar

Nos terrenos baldios
Não se pode jogar lixo
Pois se junta muitas coisas
Que acumula água, é um perigo

Lixeiras e saco de lixo
Devem está sempre bem fechados
Isso evita o mosquito
Pôr seus ovos sossegado.

Se souber de alguma casa
Ou prédio abandonado
Avise ao Agente de Saúde
Que passa de vez em quando em seu bairro

Lugares assim podem servir
Pro mosquito proliferar
E assim colocar em risco
A saúde de quem por perto morar

Quando um certo dia em sua casa
Chegar o Agente de Saúde
Peça que se identifique
Receba-o bem e o ajude

Ele é muito importante
Para acabar com a Dengue
Pois vencer essa doença
É papel de nossa gente.

Avise aos seus amigos
Vizinhos e colegas
Que essa luta é nossa
E que só todos unidos pra vencer essa guerra.
Anselmo Santana
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Facebook

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia