domingo, 17 de abril de 2016

“Não vamos nos matar, não vamos nos exilar, vamos é lutar”, diz Lula.

Com a presidente Dilma Rousseff recolhida ao Palácio do Alvorada na tentativa de obter votos contra o impeachment, coube ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursar a centenas de militantes dos movimentos sociais que estão acampados em Brasília.  (…)  — Só temos 513 votos pra gente conquistar. Precisamos conquistar a metade, ou não deixá-los conquistar 342. 

É uma guerra de sobe e desce. Parece a bolsa de valores: tem hora que o cara tá com a gente, tem horas que não está mais. Tem horas que está do outro lado, tem horas que não está mais. Então a gente tem que conversar 24 horas – afirmou, abrindo o discurso de 10 minutos. 

Segurando ora a bandeira do Brasil, ora a bandeira do PT, Lula elogiou a disposição dos militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e de outras 60 organizações que desde o inicio da semana estão acampadas no entorno do ginásio Nilson Nelson, na região central da capital federal. 

O ex-presidente criticou o vice de Dilma, Michel Temer, a quem atribuiu a arquitetura do ¿golpe¿.  — Se o seu Temer quer ser candidato, não tente através de um golpe. Ele que espere chegar 2018, o PMDB é um partido grande, ele se candidata e vamos pras urnas, vamos debater, vamos convencer o povo de quem pode ser melhor para esse país — desafiou.  

Lula lembrou o golpe militar de 1964, disse que Getúlio Vargas fora levado ao suicídio 10 anos antes e que o PT irá sobreviver ao que considera ataques de uma “elite brasileira que não gosta de democracia”. Ao final, concluiu pedindo aos militantes que tenham cautela nas manifestações de domingo.  — Tá cheio de gente querendo tumulto. Vamos dar o exemplo. 

A gente não pode aceitar nenhuma provocação amanhã. Tá cheio de televisão pra dizer que os movimentos sociais são baderneiros. Baderneiro é quem quer derrubar a presidente Dilma através de um golpe no Congresso Nacional — concluiu, sendo saudado aos gritos de “Lula, guerreiro do povo brasileiro”.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

.

.
.

Transparência

Transparência
Pelo Bem do RN

Total de visualizações

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Somente!

Somente!

Facebook

Estou no PENSADOR

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia