terça-feira, 21 de junho de 2016

Festa de São João movimenta pelo menos R$ 700 milhões no Nordeste

Trazidas ao Brasil pelos europeus no período colonial, as festas em homenagem aos santos Antônio, Pedro e João, realizadas no mês de junho, tornaram-se ícones da cultura nordestina, integrando a produção de comidas típicas, tradições religiosas e as danças embaladas pelo ritmo do forró. 

A riqueza cultural do evento é um dos fatores que levam os turistas a se renderem à festa que impulsionam a economia da região. A estimativa é que pelo menos R$ 700 milhões circulem nas economias do entorno dos maiores pólos juninos.  

Em Campina Grande (PB), os festejos terão início nesta sexta-feira (03) e devem estender-se até o dia 3 de julho. As danças de quadrilha e as apresentações de forró serão realizadas no Parque do Povo, que abrigará três palcos. 

A prefeitura do município paraibano estima que dois milhões de pessoas participem do evento, e prevê a movimentação financeira de R$ 200 milhões na economia da região.   Entre os dias 4 e 26 de junho, Mossoró (RN) realiza sua grande festa de São João com forte influência nas tradições religiosas e que contará com apresentações culturais de artistas reconhecidos nacionalmente, como a dupla sertaneja César Menotti e Fabiano e a banda Aviões do Forró. 

A festa foi marcada pela celebração da passagem da tocha olímpica na cidade, com show de Dorgival Dantas. De acordo com a prefeitura do município, os festejos deverão reunir 1,5 milhão de pessoas e movimentar R$ 15 milhões na economia local.  No município pernambucano de Caruaru, as Festas de São João serão realizadas entre os dias 4 e 29 de junho, e sua programação inclui danças de quadrilha, exposição de obras de arte e apresentações musicais de artistas como Elba ramalho. 

Com o público previsto de dois milhões de pessoas, o evento deve movimentar R$ 300 milhões na economia local, de acordo com a prefeitura da cidade.  O São João em Petrolina se estenderá até o dia 25 de junho e deve reunir 720 mil moradores e visitantes, além de movimentar mais de R$ 140 milhões na economia local, impulsionando os setores do comércio, transporte, hotelaria, bares e restaurantes, de acordo com a prefeitura da cidade.  

Na capital maranhense, o palco será a Praça Maria Aragão e o Centro Histórico de São Luís, tombado em 1997 pela Unesco, também terá apresentações da cultura junina. A programação do evento é composta por apresentações de danças típicas, como o Bumba meu boi, shows de artistas e bandas de forró. 

A expectativa é receber 200 mil pessoas durante as celebrações.  Em Aracaju, a Festa de São João terá início neste sábado (18). O evento se estende até o dia 29 de junho e tem como destaque em sua programação os shows das bandas regionais e brincadeiras. São esperadas 840 mil pessoas no período. 

Fonte: Portal Noar
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Facebook

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia