terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Esses que ergueram um dia a bandeira da liberdade agora são cúmplices da tirania. E L E I Ç Õ E S, já!

A classe dos professores de Umarizal cobra uma posição do Sindicato sobre o inquérito instaurado pela prefeita de nosso município, no qual ela apresenta argumentos contra o pagamento da progressão da letra aos servidores públicos. 

'O dinheiro existe, o que falta é RESPEITO', foi a frase escrita em um cartaz exibido pela presidente do Sindicato num protesto realizado em Junho de 2016, para pressionar o então prefeito Marcos naquela ocasião. 

O gestor que sempre conversou com a classe, prometeu que pagaria quando tivesse condições, o que ocorreu de forma 'extremamente legal' em dezembro de 2016, porém, à atual gestão diz que não tem dinheiro para para cumprir a lei.

Mas o que realmente chama à atenção da sociedade é o silêncio do pessoal 'de frente' do sindicato, 'mas ora, eles e elas estão ocupando cargos de confiança atualmente, e não vão contrariar a prefeita pedagoga', assim falou uma professora revoltada com a situação.

Entende-se, portanto, que o opressor foi abraçado por alguns oprimidos, e ambos passaram a comungar de um mesmo pensamento, e quanto a classe, 'que se vire', porque esses que ergueram um dia a bandeira da liberdade, agora são cúmplices da tirania . Que horror!


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

.

.
.

Transparência

Transparência
Pelo Bem do RN

Total de visualizações

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Somente!

Somente!

Facebook

Estou no PENSADOR

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia