quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Morto num acidente aéreo nesta quinta (19), Zavascki estava prestes a homologar 77 delações da Odebrecht. Na primeira delas, a do executivo Cláudio Melo, Temer foi citado 43 vezes

Morto num acidente aéreo nesta quinta-feira, Zavascki estava prestes a homologar 77 delações da Odebrecht.  Na primeira delas, a do executivo Cláudio Melo Filho, Temer foi citado 43 vezes.  

Também foram delatados vários ministros e assessores de Temer, como José Serra, Eliseu Padilha e o próprio Moreira Franco, que sinalizou a pressa do Planalto, na conversa com Moreno, do Globo.  

No entanto, há também a possibilidade de o STF indicar o novo relator da Lava Jato, diante da urgência do caso.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Facebook

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia