domingo, 22 de janeiro de 2017

Prefeita diz que não sabe se vai pagar servidores com letra concedida pelo ex-prefeito Marcos Fernandes

Os servidores públicos municipais de Umarizal podem receber seus vencimentos do mês de janeiro sem aumento, ou seja, sem o enquadramento de nível e sem a letra concedida pelo então prefeito Marcos Fernandes (PSD) em dezembro passado. 

Em entrevista à FM Fraternidade nesta sexta-feira, 20, a prefeita disse que muito provavelmente não será possível arcar com as despesas do benefício da categoria.  

Em dezembro, os servidores vibraram e comemoraram com o anúncio da tão sonhada progressão no Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), que foi outorgada graças aos esforços do agora ex-prefeito Marcos. Na ocasião a categoria só agradeceu. Disse que nunca um gestor tinha dialogado tanto com a categoria e enalteceu o gesto de Marcos.  


Para a prefeita, a letra concedida pelo ex-gestor, ou seja, o cumprimento da Lei do PCCS deliberado em dezembro foi ilegal. 

'Existiu uma ilegalidade. Qualquer pessoa, seja ela quem for, inclusive a classe dos professores sabe disso. Por exemplo, eles são conscientes de que passaram o ano inteiro, mais de ano [reivindicando]. Chegaram a fazer greve e o município dizia que não tinha condições. Em novembro, depois daquela greve, foi negociado e foi dada uma letra. Então como é que você, no mês de dezembro, acrescenta outra letra? Primeiro é ilegal. Não podia fazer isso e todos sabem', observou a chefe do executivo.

Do O Umarizalense – A Notícia em Boas Mãos

Nota do Blog

. Que tipo de ilegalidade?

. Porque ele não podia fazer isso e todos sabem?

. A classe dos professores sabe disso? Como assim?

Então, tá, prefeita, marque uma reunião com a classe, e explique porque, provavelmente, não cumprirá a Lei do PCCS. 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Facebook

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia