terça-feira, 21 de março de 2017

No mês (Março) dedicado às mulheres o governo Robinson Faria lança uma ferramenta importante no combate à violência doméstica: O Portal da Mulher Potiguar

Iniciativa do Governo do Estado por meio da Secretaria para as Mulheres visa oferecer suporte as vitimas de violência no RN A Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do RN (SPM/RN) lançou nesse dia 21 no auditório da governadoria, o Portal da Mulher Potiguar. 

A ferramenta é um marco no apoio às vítimas de violência doméstica no Rio Grande do Norte, onde 40% das mulheres disseram já ter sofrido algum tipo de violência. O endereço mulherpotiguar.rn.gov.br servirá de suporte para as mulheres e oferece vários espaços nos quais elas podem efetuar denúncias, reconhecer se são ou estão submetidas a algum tipo de agressão e ainda receber orientações sobre onde encontrar ajuda e outros encaminhamentos. 

O site é fruto da parceria entre Governo do Estado, via equipe do Sistema CERES* com apoio logístico da Universidade Potiguar. Através do portal, também será possível mapear casos, quantificando com precisão as ações violentas ao qual são submetidas às potiguares. 

Os dados - importantes para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o segmento feminino - são encaminhados à coordenadoria de Mulheres e Minorias, vinculado a Secretaria de Segurança Pública. "A violência contra a mulher no Brasil é um assunto muito mais presente e assustador do que pode parecer. Temos uma subnotificação e os números podem ser mais alarmantes. 

O Portal dará voz a muitas vítimas que estão sofrendo silenciosamente”, declarou a titular da SPM, Flávia Lisboa. Ela explica que o Portal é um canal de comunicação digital e ágil, um espaço virtual criado para a valorização das norte-rio grandenses, sendo um ambiente voltado à orientação, informação e ajuda a todas aquelas que sofrem violência doméstica. "Visa esclarecer dúvidas sendo mais um instrumento para denúncias, informação e apoio", complementa. 

REVISTA NÓS 

Por ocasião do lançamento do Portal da Mulher Potiguar também será lançada a Revista  "Nós, do RN" que chega a sua edição de número 109 e apresenta a mulher potiguar em diversos aspectos. 

Com colaborações de várias jornalistas, entre elas Cledivânia Pereira, Flávia Freire, Larisse de Souza, Mariele Araújo, Marília Rocha, Rosilene Pereira e Simone Silva, entre outros, possui 36 páginas e tem como um dos destaques ensaio fotográfico que apresenta a beleza e a força da mulher negra. 

Criada em 2004 pelo jornalista Miranda Sá, a publicação sempre trouxe em suas páginas textos dos melhores nomes das letras, abordando temas da cultura potiguar. 

A plataforma, que já virou referencia nacional, é utilizada em vários órgãos e secretarias de estado, agora também servindo de base para o Portal da Mulher Potiguar. Atualmente é um projeto de pesquisa vinculado ao e-labora da UNP, e conta com diversos TCCs, material que visa o fortalecimento da plataforma de desenvolvimento de software no RN. O nome CERES vem da Deusa da Agricultura.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

.

.
.

Transparência

Total de visualizações

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Somente!

Somente!

Facebook

Estou no PENSADOR

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia