quinta-feira, 25 de maio de 2017

O muro derrubado sobre os moradores de rua soterra-me as esperanças. As bombas de gás no gramado do congresso entorpecem-me a alma. Por Marcílio Godoi, via Facebook

O muro derrubado sobre os moradores de rua soterra-me as esperanças.  As bombas de gás no gramado do congresso entorpecem-me a alma.  

Os doentes forçados à internação, jogados ao chão e ao relento de um campo de concentração em minha cidade, transtornam-me o juízo.  

Os tiros da polícia contra os manifestantes em praça pública perfuram-me de vez o peito.  

O novo massacre, a chacina de pau d'arco no sul do pará, matando 10 posseiros, novo eldorado, nova corumbiara, nova candelária trucida minha memória e faz escorrer pelo chão toda a desonra de ser brasileiro.  

o dia em que as forças armadas voltaram às ruas, pela primeira vez depois de 20 anos da redemocratização, meu coração foi pisoteado sobre a lama rubra de um país entregue. Por Marcílio Godoi, via Facebook 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

.

.
.

Transparência

Transparência
Pelo Bem do RN

Total de visualizações

Seguidores

Tenho anjos no céu.

Tenho anjos no céu.

Somente!

Somente!

Facebook

Estou no PENSADOR

Indique o nosso site!


Arquivo do blog

Copyright © Rosângela Cunha | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia