terça-feira, 7 de maio de 2019

Governo Cidadão e Sethas unem esforços para discutir a celeridade na execução dos projetos sociais

O Projeto Governo Cidadão e Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) se reuniram nesta segunda-feira (06) para tratar dos entraves na execução dos projetos sociais por parte desta secretaria. 
O encontro, no auditório da Unidade Gerenciadora do Projeto (UGP), contou com a presença do diretor do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (Emater RN), César Oliveira, de representantes das assistências técnicas (ATERs), dos articuladores dos dez territórios do Estado, do setor de Engenharia do Projeto e de coordenadores da Economia Solidária da Ação Social. 

Todos se uniram numa força-tarefa para, além de solucionar os problemas ou dar prazos para tal, traçarem um trabalho com vistas à sustentabilidade no pós-execução.  Durante a reunião, Fernando Mineiro, secretário de Gestão de Metas e Projetos, destacou as necessidades de cada um dos projetos, cobrando prazos e soluções das ATERs, se comprometendo a dar o apoio necessário, caso essas assistências encontrem alguma dificuldade.  

“A partir da orientação da governadora Fátima Bezerra, seguimos com nosso trabalho de articulação e integração, desde os setores do Governo Cidadão às secretarias e autarquias de Estado afins, para dar celeridade no andamento de cada um desses projetos, e para garantir a manutenção e sustentabilidade depois de finalizados”, reforçou Mineiro.  

“É importante para todos nós que fazemos parte das assistências técnicas, ver o esforço e comprometimento das equipes do Governo Cidadão na busca das soluções. Agradeço essa iniciativa no sentido de nos ajudar, além da transparência com que essa gestão está trabalhando para que enfim, a gente possa finalizar o trabalho que começamos de maneira positiva, que é levando benefícios ao potiguares”, pontuou Joaquim Nóbrega Diniz, técnico da Associação de Apoio às Comunidades do Campo (AACC).  

A Sethas coordena quatro dos principais projetos do Governo do RN: os editais de acesso à água e economia solidária e os projetos pilotos de bandas filarmônicas para a juventude e de desertificação do Semiárido. O montante de R$ 52,3 milhões aplicados nesses investimentos vêm do acordo de empréstimo com o Banco Mundial e são gerenciados pelo Governo Cidadão

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo