terça-feira, 3 de setembro de 2019

Governo e IFRN tratam de parceria para Mostra de Robótica 2020

A governadora Fátima Bezerra se reuniu, nesta terça-feira, 03, com o deputado estadual Francisco de Medeiros e a equipe do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) responsável pela organização da Mostra Nacional de Robótica (MNR), que será realizada em 2020 em Natal. O objetivo foi discutir a parceria do Estado para a realização do evento.  

“Sem dúvidas este é um evento que tem muito a agregar ao nosso Estado e aos potiguares. Estamos falando de um evento científico considerado hoje um dos maiores da América Latina. Nosso desejo de colaborar é imenso, mas a situação financeira do Estado é delicada. Agora, com o projeto em mãos, vamos analisar de que forma a parceria pode acontecer”, destacou Fátima. Ela ressaltou ainda o mérito do IFRN em trazer a Mostra para o Estado, parabenizando a instituição pelo desafio estratégico de contribuir para a tecnologia e inovação.  

A MNR é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos promovida pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) junto com o Conselho Latino Americano de Robótica e o Conselho da RoboCup Brasil. É um evento integrado que reúne competições, simpósios, exposição e seminários. Sendo um dos maiores eventos de robótica do país, a mostra visa estimular e divulgar os trabalhos desenvolvidos pelas escolas e universidades em inovações tecnológicas envolvidas com as mais diversas áreas do conhecimento, como arte, biologia, química, mecânica e computação.  

O evento científico-cultural já passou pelas cidades de João Pessoa, Curitiba, Recife, Uberlândia, São Carlos, Arequipa (Peru) e Fortaleza. Como público alvo está uma faixa etária diversificada, compreendendo todos os alunos do ensino público ou privado, do fundamental a professores doutores e pesquisadores da área.  

De acordo com o professor Amadeu Albino, coordenador de Marketing e Divulgação Científica do MNR 2020, é estimada a participação de 4.500 inscritos de todas as regiões do Brasil, da América Latina, bem como de outros países. Além disso, tem a expectativa de movimentar cerca de 60 mil visitantes durante os cinco dias de evento. “O retorno científico é gigante e é o mais difícil de mensurarmos. E quando avaliamos o apoio do Governo evidenciamos o retorno que a iniciativa dá à sociedade”, disse.  

“É um evento de altíssima importância para o Estado tanto na área científica como no sentido de aproveitamento econômico pelo Estado. Mas o principal é o aproveitamento científico, com a possibilidade de estarmos com professores do Estado se capacitando, com alunos fazendo visitas, com os pais podendo comparecer, até mesmo porque é um evento gratuito. Vai ser muito bom e todas as áreas científicas do RN, a Educação, vão saber aproveitar bem”, acrescentou o secretário de Estado da Educação, Getúlio Marques.  

Presente à reunião, o deputado Francisco de Medeiros afirmou que foi procurado por alguns professores para iniciar o diálogo junto ao Governo. “Tivemos como objetivo apresentar o projeto e discutirmos as implicações ao Governo do Estado, inclusive de natureza financeira já que a Mostra vai atrair um considerável contingente de expositores em Natal. Foram iniciadas as tratativas e as respostas devem ser encaminhadas até outubro quando a comissão participará da MNR 2019 na cidade de Rio Grande”, lembrou.  

Também participaram da reunião: o reitor do IFRN, Wyllys Abel Farkatt Tabosa; o diretor do Campus Natal-Central do IFRN, José Arnóbio de Araújo Filho; Sarah Thomaz de Lima Sá (comissão MNR 2020); Allyson Amilcar Soares (comissão MNR 2020); Jaime Calado (Sedec); Cel Monteiro (CBPM); Leandro Carlos (secretário-adjunto/Setur); Gilton Sampaio (Fapern).   

FOTOS: ELISA ELSIE 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: : Yago S.

imagem-logo