quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Potiguar de Umarizal é o grande campeão do BSOP Millions e emociona com história de vida: “só tenho a agradecer”

O potiguar de Umarizal Antônio Madson, mais conhecido como ‘Urea’, ganhou o maior prêmio já pago em um torneio de Poker no Brasil. De origem humilde e natural de Umarizal, ele foi o grande campeão do Brazilian Series of Poder Millions e embolsar nada menos que R$ 1.170.000,00. 
Na entrevista dada logo após o título, Urea emocionou o público do salão falando sobre sua história de vida, de muita luta e superação. “Eu sempre andei para frente, em busca de sonhos e de trabalhar com honestidade”, contou. “Não foi fácil minha vida, mas sempre procurei o caminho certo". 

O poker representa meu meio de vida hoje, faz mais de 10 anos que sobrevivo do poker.”  Se o prêmio de sete dígitos deve ajudar, e muito, nos planos do jogador, é inegável que o poker há havia mudado a vida de Urea antes mesmo do título. 

O potiguar se dedicou a aprendeu a ler e escrever por causa do jogo. “Quando eu me dediquei, vi que o poker não era sorte, tinha que ter estudo, mas eu era analfabeto”, relembrou. “Então procurei estudar e aprender as letras para poder estudar a poker.”  

Após acordo realizado no 3-handed, Rafael Caliman caiu em terceiro, formando o heads-up entre Madson e Diego Beirigo. O torneio foi encerrado em coin flip, com o AQ de Urea superando o 55 de Diego no board 3QA63. “Eu queria dar um conselho”, disse o campeão após a vitória. “Há muita gente que pensa que o poker é sorte, mas é habilidade, estratégia, paciência. Hoje, quem se dedica e joga o poker, que continue estudando, porque assim você vai chegar e conseguir o título.”

Na reta final do torneio, quando restavam três jogadores, foi feito um acordo e Madson, que era o líder em fichas, já garantiu 970 mil reais. Os três jogadores restantes passaram a disputar outros 270 mil reais. 

Depois de quase ser eliminado, em uma reação impressionante, Madson virou o jogo e sagrou-se campeão. No discurso de campeão, Madson se lembrou das dificuldades que passou. 

Agradeceu a Deus e a sua mãe, a quem dedicou o título, emocionando a todos que estavam presentes e acompanhando o desafio pela internet.  Os que acompanham a trajetória de Madson, que joga poker há dez anos, são unânimes em dizer que a vitória do potiguar foi muito merecida!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo