domingo, 15 de março de 2020

Paulinho sobre a Estrada da Produção: “marcada uma nova fase do desenvolvimento de São Gonçalo do Amarante”

Visando melhorias no deslocamento de pessoas, transporte de mercadorias e escoamento de produção agrícola, a Estrada da Produção, que terá 12,9 quilômetros de extensão e vai ligar a BR-101 à BR-406 e à BR-304, teve o edital para as obras de construção lançado na manhã desta sexta-feira (13), na Governadoria do RN, pela governadora Fátima Bezerra e prefeito Paulo Emídio, o Paulinho. O investimento é de quase R$ 23 milhões, por meio do Projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável do RN – o Governo Cidadão – e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com recursos do Banco Mundial. 
Prefeito Paulinho, durante a solenidade, afirmou estar realizado e com a sensação de dever cumprido com o povo são-gonçalense, em especial o da zona rural do município. “Hoje, dia 13 de março de 2020, o Governo do RN marca mais uma nova fase no desenvolvimento de São Gonçalo do Amarante. Essa estrada é sonho antigo, o qual lutamos e trabalhamos para ser viável. Agradeço, em nome do povo de São Gonçalo, à governadora Fátima, ao secretário Mineiro, Manoel Marques e toda equipe do Estado por escrever conosco mais esse capítulo da história de São Gonçalo”, disse Paulinho.  

A Governadora, por sua vez, exaltou a importância de São Gonçalo. “O município é o quarto maior do Estado e se insere dentro de um contexto social e econômico muito importante no Rio Grande do Norte. É em São Gonçalo onde está um dos equipamentos mais importantes para o desenvolvimento do RN, e, essa estrada, uma obra de infraestrutura mais vitais e imprescindível para o desenvolvimento, vai gerar mais emprego, mais cidadania e mais oportunidade para o povo de São Gonçalo. Valeu o sonho. Valeu a luta”, pontuou Fátima Bezerra.  

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de São Gonçalo do Amarante foi a responsável por apoiar o Estado na elaboração dos estudos técnicos de meio ambiente e impacto ambiental exigidos pelo IDEMA, como também na elaboração dos estudos técnicos exigidos pelo Banco Mundial. “Essa obra é a verdadeira representação do desenvolvimento sustentável, pois integra os pilares da economia, com geração de emprego e renda, do meio ambiente, com preservação e reposição de mais de 10 hectares de mata atlântica como medidas mitigadoras e compensatórias, e o pilar social, que destaco o acesso aos serviços de saúde, como SAMU, para população da zona rural de São Gonçalo do Amarante”, frisou.  

O secretários estaduais do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, e o de Infraestrutura, Gustavo Coelho, os vereadores Nino Arcanjo, Pastor Edmilson, Rayure Protásio, Valda Siqueira, Márcia Soares, Eudócio Mota, Gerson Bezerra, Raimundo Mendes e o presidente Edson Valban, além do vice-prefeito Eraldo Paiva, a primeira-dama Terezinha Maia, e secretários municipais estiveram presentes na solenidade

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo