sábado, 4 de abril de 2020

NOTA DE ESCLARECIMENTO da Prefeita Municipal de Umarizal, Elijane Paiva!

A Prefeita Municipal de Umarizal Elijane Paiva vem a público para esclarecer a nova conjuntura político-partidária que será vista durante o período eleitoral. Eis os fatos:
Em 2015, a prefeita Elijane Paiva assumiu a presidência do Partido Democratas (DEM) e de forma criteriosa levou a agremiação a uma expressiva vitória nas eleições municipais de 2016. Mesmo diante desse contexto de êxitos ao longo desses anos, estranhamente, ainda em 2018, no meio do atual mandato, o Diretório Municipal do DEM convocou uma convenção e sem nenhum motivo aparente destituiu a prefeita do posto de presidente da sigla.
Da mesma forma, e ainda mais estranho, foi o incentivo por parte de alguns filiados do DEM e ocupantes de funções estratégicas no próprio diretório municipal para que o partido recebesse filiações de políticos (com ou sem mandato) declaradamente opositores da própria gestão municipal. É no mínimo estranho ver seu partido sendo reforçado pela sua própria oposição.
Alguns desses opositores e novos filiados ao DEM, fazem discursos inflamados e declaradamente se colocam como divisores do próprio partido. Alguns afirmam inclusive que se a prefeita Elijane Paiva fosse a candidata do DEM à reeleição jamais somariam ao projeto da legenda e não se alinhariam, em hipótese nenhuma, aquilo que o partido decidiria em sua convenção.
A Chefe do Poder Executivo Municipal, por estar em seu primeiro mandato, tem todo o direito de concorrer à reeleição nas próximas eleições municipais de outubro, no entanto, chegando ao final do período permitido pela legislação eleitoral para mudanças de partidos visando a viabilidade e a plena condição legal para disputar o pleito eleitoral, o diretório municipal do DEM não assegurou a condição mínima para a garantir a condição de candidata nas convenções partidárias.
Por ter sido completamente preterida dentro do próprio partido, por ter o direito a uma nova disputa eleitoral, a prefeita Elijane assume a condição de candidata natural de qualquer agremiação partidária e diante da incerteza do seu próprio partido, a gestora municipal anuncia a sua desfiliação do DEM (Democratas) e consequente filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), na tarde desta sexta-feira (03).
Ainda neste contexto, a Chefe Municipal reafirma sua condição de pré-candidata à reeleição ao Poder Executivo nas eleições municipais que se aproxima.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo