quinta-feira, 21 de maio de 2020

Conselho Diretor aprova programa de fomento de assistência estudantil na FUERN

O Conselho Diretor da Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (CD-FUERN) aprovou nesta quarta-feira (20) o Programa de Fomento às ações de Assistência à permanência Estudantil no âmbito da Instituição, o PROUERN.  O programa irá possibilitar à Universidade a ampliar suas ações de assistência estudantil, proporcionando ao estudante o acesso a bolsas e desenvolver um conjunto de iniciativas que irão favorecer a permanência e o sucesso acadêmico. O programa irá utilizar recursos da Fonte 100 do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (FECOP).  


“A expectativa é de que, tão logo retomemos as atividades presenciais na Universidade, o ‘novo normal’, após esse ciclo de isolamento social devido à pandemia, a gente já possa iniciar lançando os primeiros editais para que os nossos estudantes possam ter a ampliação na assistência estudantil”, explicou o pró-reitor de assuntos estudantis, Erison Torres.  O projeto teve como relatora a conselheira Ana Morais. Ela ressaltou a relevância do programa e destacou os avanços da UERN na área de assistência estudantil com a implantação da Pró-Reitoria, que irá completar dois anos de criação.  

“A PRAE já tem conseguido um avanço muito significativo, apesar do pouco tempo de existência. Como conselheira eu já tive a oportunidade de acompanhar três importantes projetos, que em si se justificam: o auxílio residência, que já foi apreciado por este conselho; o auxilio creche, que em breve deverá retornar para votação e agora este projeto. Parabéns a todos que fazem a PRAE por ter sido tão coerente com a sua sua proposta de planejamento”, afirmou a relatora.  

Para a presidente em exercício da FUERN, Fátima Raquel Morais, este é mais um importante passo da Instituição para a permanência dos estudantes no ensino superior, uma vez que a maioria dos estudantes da Instituição são egressos de escola pública. Ela ressaltou ainda a importância da UERN ter conseguido, no último ano, acessar os recursos de FECOP, o que ampliou as condições de permanência dos estudantes na Universidade.  

“Nos últimos sete anos conseguimos avançar muito na permanência do nosso estudante na UERN, especialmente aquele que vem de escola pública, e que está em condições de vulnerabilidade. Saímos de um número muito reduzido de bolsas, que geralmente eram pagas em atraso, para hoje termos a realidade de um número crescente de bolsas a estudantes pagas em dia. Em muitos casos, essa bolsa é o que permite que o estudante possa ter garantido o direito a uma educação superior. O PROUERN vem ampliar ainda mais essas possibilidades, podendo inclusive, ser uma solução para o plano de retomada das atividades após a pandemia, pois sabemos que a retomada será gradual e precisará ter todo um planejamento, pois nada mais será como antes”, afirma a presidente em exercício. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo