sábado, 18 de julho de 2020

Sistema de água em São Miguel é inaugurado pela governadora em solenidade virtual

Com um custo considerado baixo para a grandiosidade da obra - que está levando água potável, tratada e abundante para a população de São Miguel, cidade situada na região do Alto Oeste potiguar - o Governo do RN através da Companhia de Água e Esgotos (Caern) investiu R$ 3 milhões e reativou o abastecimento para os 24 mil micaelenses. A obra foi entregue oficialmente neste sábado (18) em solenidade virtual, que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra, acompanhada da equipe de governo e de lideranças políticas e transmissão feita pela rádio Difusora local. 

“Hoje o meu boa tarde vai mais do que especial para a população de São Miguel, que há mais de seis anos amargava a falta de água em suas torneiras. A água que é um bem imperativo para a sobrevivência, é um bem ativo para o desenvolvimento econômico. Eu fui eleita para trabalhar, para garantir o bem estar da população potiguar e estaria sendo omissa se eu não buscasse solução para um problema como a falta de água em São Miguel”, enfatizou a governadora Fátima Bezerra.    

Para a efetivação da obra, ela evidenciou o empenho do presidente da Caern, Roberto Linhares e de toda a sua equipe, e da bancada federal e estadual, através do senador Jean Paul Prates, da senadora Zenaide Maia, da deputada estadual Isolda Dantas, do deputado Francisco do PT e em especial ao deputado estadual Raimundo Fernandes, natural daquela cidade que é situada na região chamada de “tromba do elefante”.   

Ela destacou que a Caern, por meio do presidente e dos técnicos, não mediu esforços para dar celeridade a essa obra. “Quero expressar aqui toda a minha gratidão às pessoas que se esforçaram para fazer desse sonho uma realidade. Como eu sou muito disciplinada, e tenho que dar exemplo, não posso estar em São Miguel, mas a saudade é imensa e eu gostaria de estar aí com vocês comemorando o inverno”, frisou.   

A chefe do Executivo estadual relembrou outros investimentos relacionados à segurança hídrica naquela região, como foi o caso da adutora de Pilões, cuja obra inaugurada em 2019 possibilitou a reativação do sistema de abastecimento. O próximo passo agora será a cidade de Paraná, que também sofre com o colapso de falta de água.   

“A Caern que dava prejuízo ficou para trás, agora é uma empresa que dá lucro. E esse lucro serve para voltar ao povo em forma de benefícios, porque nós temos esse compromisso irrenunciável com o povo potiguar”, afirmou Fátima. Ao encerrar sua participação, ela falou do Programa de Conservação de Rodovias Estaduais 2020, em que serão investidos R$ 17 milhões para fazer serviços de manutenção em 90% da malha viária do Rio Grande do Norte.   

O presidente da Caern Roberto Sérgio falou que a obra de reativação do abastecimento de água em São Miguel – que está em fase de testes – é motivo de muita satisfação para a companhia. “Para nós, é menos um município em colapso. Com certeza a governadora está mais feliz do que qualquer um de nós, porque como eu, que também sou do sertão, ela sabe a importância que a água tem em municípios que sofrem com a estiagem”, destacou.   

Ele explicou que devido aos reparos na rede, que estava há muitos anos sem receber água nas torneiras, tanto os escritórios regionais, quanto a sede da Caern, em Natal, estão à disposição para oferecer toda a assistência que a população precisar.   

Gerente regional da Caern no Oeste, Odair Rego também estava presente à live de inauguração da obra e destacou o empenho de toda a equipe. “Como estamos aqui no dia a dia, é com muita satisfação que vemos a expressão de felicidade dos munícipes. Essa obra é o resultado de dias e dias de trabalho incansável, e com muito esforço estamos entregando a retomada desse serviço tão importante para o ser humano”, acrescentou.   

O parlamentar Raimundo Fernandes não economizou palavras ao enaltecer a obra, que vai melhorar consideravelmente a qualidade de vida da população de São Miguel. “Esse governo tem se preocupado com tudo de tal forma que que não deixou de prestar atenção nesta pequena cidade. Fazia 40 anos que o sistema não recebia uma revisão. Não era somente trazer a água. Tudo o que a senhora está fazendo está ajudando aos pobres. Quero agradecer ao senador Jean Paul pelo empenho. Quero agradecer ao presidente Roberto Sérgio que conseguiu tirar a Caern do déficit em que se encontrava. Se Deus nos permitir, não haverá mais carro pipa rodeando a nossa cidade”, declarou.    

SEGURANÇA HÍDRICA PARA O SERTÃO   

O secretário João Maria Cavalcanti (Meio Ambiente e Recursos Hídricos/Semarh) falou que a volta do abastecimento para São Miguel não só traz dignidade ao povo, mas garante água tratada, de boa qualidade. “O governo da professora Fátima Bezerra através da Caern está de parabéns pelo compromisso em trazer água para uma região tão sofrida. Aproveito esse momento para destacar o empenho do Governo do Estado com relação ao trecho Apodi Mossoró da transposição do rio são Francisco, que vai trazer segurança hídrica para as regiões do Oeste e Alto Oeste, para que seja incluso no orçamento da União de 2021”, informou.   

O diretor-presidente do Igarn (Instituto de Gestão das Águas do RN), Auricélio Costa, destacou a importância dessa obra e sinalizou que em breve os demais sistemas hídricos do RN devem estar normalizados, através da interligação das adutoras. “Tivemos inverno acima da média, confirmando todas as previsões da Emparn. Hoje temos mais de 56% de água acumulada nos 47 reservatórios que o Igarn monitora, que vai nos garantir segurança hídrica para atividades como agricultura, carcinicultura, piscicultura”, explicou.    

Representando a bancada federal potiguar, o senador Jean Paul Prates agradeceu ao empenho da governadora – “que acima de tudo nos emana forças para continuar nessa luta” – e citou os parlamentares estaduais, Isolda Dantas, Francisco do PT e Raimundo Fernandes, por terem participado das discussões que resultaram na retomada do abastecimento de água em São Miguel. “Havia várias soluções para o problema e a Caern amalgamou tudo isso e fez o sistema, junto com Defesa Civil e outras entidades”.    

Ele destacou a importância de se trabalhar em harmonia, principalmente em período de pandemia, e que a obra é resultado de um esforço coletivo – “tanto em nível estadual, como federal” e por fim informou que votou contra o marco regulatório do saneamento, “porque dificulta o trabalho de empresas públicas como a Caern“.   

Também presente à solenidade virtual, a deputada Isolda Dantas – que é natural de Upanema e há muitos anos reside em Mossoró, portanto, conhece bem a realidade de que vive em lugares que sofrem com a estiagem - agradeceu e parabenizou o governo pela iniciativa. “Todos nós sertanejos, que ficamos felizes só de ver o tempo nublado, sabemos a importância da água. Hoje, diante dessa obra, fico pensando no trabalho das mulheres, como vai ser amenizado com a chegada da água nas torneiras”, completou. 

Fotos: Fabiano Trindade

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo