quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Governadora discute investimentos e parcerias com cônsul francês

A governadora Fátima Bezerra recebeu em audiência nesta quinta-feira (12) o diplomata Hugues Fantou, novo cônsul-geral da França para o Nordeste.  O diplomata, que assumiu o consulado com sede em Recife-PE em setembro, veio apresentar-se e discutir possibilidades de investimento e cooperação bilateral entre a França e o Rio Grande do Norte.  

No ano passado a governadora integrou a missão do Consórcio Nordeste à Europa. Na França, o Governo do RN discutiu com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e com o Ministério da Economia investimentos e parcerias nos vários setores econômicos e culturais. Hoje o RN tem fortes investimentos na área de energia de três empresas francesas, a Voltalia, que instalou recentemente seu centro de operações mundial em Mossoró, a Total e a Engie.  

"O nosso Governo tem compromisso e foco para fomentar cada vez mais a produção de energia. Nesta área o RN tem ainda muito a crescer. O Governo tem se modernizado para isso. O nosso estado tem os melhores ventos, segurança jurídica, incentivo fiscal, mão de obra qualificada, escolas técnicas com cursos de qualificação, logística e equipe técnica preparada. Temos aqui operando as 14 maiores empresas eólicas do mundo, o que faz do nosso estado o é maior produtor energia eólica do Brasil", disse a governadora.  

Fátima Bezerra também afirmou o interesse em parcerias e investimentos na agricultura familiar. Ela registrou que o Governo atua forte também nesta área e tem um programa de compras que assegura a aquisição mínima de 30% de todas as compras do estado ao setor. "Aprovamos uma lei que determina o mínimo de 30% das compras do estado à agricultura familiar. E lançamos recentemente outro programa que vai investir R$ 85 milhões em assistência técnica e apoio aos pequenos produtores", completou ela. O programa de compras é referência para os estados do Nordeste que estão implantando programas semelhantes.  

Na área cultural, Fátima apresentou a possibilidade de parcerias envolvendo o Complexo Cultural da Rampa. "Vamos desenvolver o turismo além do tradicional ‘sol e mar’. Temos história e papel importante na Segunda Guerra Mundial. A França teve atuação importante no RN, quando na década de 1920 operou o correio aéreo internacional através da Aeropostale. 

O RN foi também o ponto de chegada da primeira travessia aérea do oceano Atlântico, sem escala.  Este fato, marca a história da França, do Brasil e do RN. Inclusive há uma escola pública em Natal que homenageia esse feito com o nome do piloto Jean Mermoz. 

O Museu da Rampa guarda a memória de um período histórico especial, que foi a Segunda Guerra Mundial. Naquele período Natal sediou o encontro entre o então presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt e o presidente brasileiro Getúlio Vargas. Tudo isto influenciou nossa história, nossa cultura e é importante para nossa identidade cultural", enfatizou Fátima Bezerra.  

DIPLOMACIA 

O cônsul Hugues Fantou disse que o Rio Grande do Norte é o primeiro estado que ele visita após se instalar em Pernambuco e que há interesse em investimentos em energia, agricultura familiar e sustentável e no resgate da história e cultura na relação entre a França e o RN.  

"O desenvolvimento sustentável é prioridade para o governo francês. Muitas cidades do nosso país têm prefeitos ecologistas e muitas pessoas, o que foi intensificado pela pandemia da Covid-19, estão migrando das cidades para o campo. Temos interesse em parcerias e em cumprir o protocolo de intenções firmado há um ano na visita do Consórcio Nordeste", declarou o consul.  

O consulado francês em Recife tem atuação em todos os estados da região Nordeste. Natal é uma das três capitais da região, junto a Salvador-BA e Fortaleza-CE, que conta com uma agência consular francesa. Natal também é a única cidade do Nordeste onde a França mantém uma escola primária. 
 
A reunião na sede da Governadoria contou com a participação vice-governador Antenor Roberto, dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, e da Administração, Virgínia Ferreira, os adjuntos do Gabinete Civil, Socorro Batista, e do Planejamento e Finanças, Pedro Lima, o presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, e da cônsul honorária em Natal Caroline Fernandes Martins e Maud Laurent, assessora de imprensa do consulado no Recife.  

Foto: Sandro Menezes.
 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo