quarta-feira, 3 de março de 2021

Vice-governador do RN visita farmacêutica que vai produzir Sputnik V no Brasil

O vice-governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto, esteve nesta terça-feira, 2, em Brasília (Distrito Federal), representando a governadora, Fátima Bezerra, em visita aos laboratórios da União Química, empresa responsável pela fabricação no Brasil da vacina russa contra o novo coronavírus, a Sputnik V. 

A ação aconteceu por iniciativa do Fórum Nacional de Governadores, que defende celeridade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para liberar a fabricação do imunizante em larga escala no Brasil. 

O vice-governador, o secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, e 18 representantes de estados e do Distrito Federal conheceram as instalações do laboratório que tem capacidade para produção de 8 milhões de doses por mês. 

“O cronograma de produção da vacina é para o início do mês de abril. A ideia é que os estados brasileiros, mediante a apresentação de um plano de vacinação, possam comprar as vacinas”, declarou o vice-governador. 

Segundo ele, o foco da reunião foi esclarecer que é possível estreitar o calendário de imunização e que a Anvisa conceda a outorga emergencial para fabricação da Sputnik V, que já envolveria de imediato 10 milhões de doses contratadas pela União Química com a Rússia. Além disso, prevê a produção no Brasil – a partir de maio e junho – para o fornecimento de 8 milhões de doses por mês. 

“Vivemos um momento crítico, um estado gravíssimo, em que a pandemia da Covid-19 uniformizou em todo o Brasil, o que se faz preciso aumentar o ritmo da vacinação. Este encontro foi muito importante, e todos saímos convencidos de que é preciso que o Governo Federal, no menor espaço de tempo, ajude a aprovação emergencial para que a Sputnik V integre a plataforma do Plano Nacional de Imunização”, destacou Antenor. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo