sábado, 21 de agosto de 2021

Lula costura apoios com partidos da base de Bolsonaro do Nordeste e diz que nem o centrão salvará presidente

O ex-presidente Lula (PT) afirmou na manhã desta sexta-feira (20), em São Luís, que nem o centrão vai conseguir salvar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições de 2022. As informações são da Folha de S.Paulo.  

Para o petista, que faz giro pelo Nordeste em busca do fortalecimento de sua candidatura ao Planalto, boa parte dos aliados de Bolsonaro vai pular do barco até junho do próximo ano. “Nem o centrão vai conseguir salvar o Bolsonaro. Ele é ingovernável. 

Ele não é razoável do ponto de vista psicológico. Ele é muito difícil. Ele não respeita as pessoas que conversam com ele, não se dirige a ninguém”, respondeu em entrevista coletiva concedida ao lado do governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB).  

Ao dizer que está conversando com todo o mundo, Lula declarou que os partidos do centrão não são ideológicos e só pensam eleitoralmente. E “Qualquer partido do centrão vai querer saber o seguinte: quem é que vai dar voto para mim no meu estado e na minha cidade? E ele vai optar por aquelas pessoas [que darão voto] como optaram por Bolsonaro em 2018”, disse.
 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Desenvolvido Por: Editado Por: :

imagem-logo